Home Todos os Posts Revolução no Pre-flight

Revolução no Pre-flight

Postado em 09/11/2015

Advinha quem mudou as regras do jogo de novo!

É lógico que é a Atual Card!

Agora além de analisar as artes, nossa ferramenta de Sistema Automático de Pré-Impressão vai transformar de imediato o seu material em PDF/ X-1A.

EXATAMENTE ISSO QUE VOCÊ LEU!

Veja o nosso vídeo tutorial sobre a inovação

 

Você vai enviar em CDR e JPEG para gente e - se nos permitir - vamos transformar automaticamente sua arte no melhor formato para a impressão: PDF/X-1a.

Desta maneira, sua arte será verificada automaticamente, e qualquer problema como tamanho, cores carregadas, sangria e etc, será verificado de imediato não dando chance para surpresas na hora de receber o material.

Além disso, você vai ganhar muita agilidade na sua compra, pois sua arte vai direto para produção.

Essa é a Atual Card, sempre pensando em você!

Gostou dessa matéria? Então compartilha.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • FERNANDO disse:

    ESTE SISTEMA SÓ DIFICULTA O ENVIO, TRAVA E NÃO ACEITA O ARQUIVO, DANDO UMA MSG DE ERRO

  • marcio disse:

    Trabalho em gráfica à 23 anos nos quais 15 como supervisor de Produção.
    e não tinha idéia que existia, um site nos proporcionando esta ferramenta que a Atual Card está nos oferecendo, estou realmente impressionado com essa facilidade.
    Parabêns equipe Atual Card.

  • JOSE EUDENISSOM C. LINS disse:

    agora ficou bem mais rápido para enviar o pedido…parabéns.

  • Rodrigo Rudenas disse:

    Será que estão trabalhando do geito certo? Ecomo fica arquivos de gramatura diferentes?
    Comprei cartão 250g na guilhotina em PDFX1 e recebi os cartões com gramatura de 180g. Como fica meu cliente final que recebeu um produto diferente? Com que cara eu vou atender esse cliente? Vcs estão deixando a qualidade a desejar em …


Assuntos Relacionados

Como fazer os panfletos políticos para campanha política

Pessoas criativas fazem…

Crise, que crise?