Home Marketing e Comunicação Todos os Posts 7 itens fundamentais ao seu briefing

7 itens fundamentais ao seu briefing

Postado em 06/11/2014

7 itens fundamentais ao seu briefing

Está na correria com o seu Job aí? Relaxe e pare um pouco. Leia algumas dicas fundamentais para fazer em seu briefing e aperfeiçoe ainda mais os seus projetos.

Primeiro, vamos esclarecer o que ele precisa ter: Deve mostrar os objetivos, metas, prazos e orçamentos de um novo projeto. Bem como; o público alvo, material disponível ou necessário, e as etapas ou cronograma.

1) Metas do seu projeto. Estude o que o seu cliente deseja, identifique se já existe algo iniciado, ou se o trabalho deve ser feito do zero. Quais as ideias suas para o projeto, alie elas as ideias dos clientes. Pesquise o mercado do que o seu cliente deseja lançar.

2) Prazos e orçamentos. Analise o quanto será gasto, investido. Saiba o que pode ser feito, além de todos os gastos, coloque a sua margem de lucro é claro. Mostre ao cliente que você não faz mágica, tudo tem um tempo próprio. Se necessário, sente-se com ele e diga o quanto demora cada item do planejamento.

3) Público alvo. Seu cliente não pode agradar a todos, isso é um fato. Então conversem em qual o público ele deseja. Estabeleçam; classe social, idade, sexo, faixa de gastos. Isso permite a criação muito mais fácil do design usado nas peças e identificação com o público.

4) Prepare o seu cronograma. Alie as tarefas com as necessidades do seu cliente, sempre que possível. Caso não consiga, administre da melhor maneira possível como fazer as tarefas darem certo.

5) Material. Caso o trabalho seja a propaganda de produtos ou serviços, seu cliente mesmo vai fornecer muitos materiais, saiba usá-los. O que não for possível com ele, primeiro confira o que o seu local de trabalho já possui, e o que faltar em último caso compre.

6) Qual o estilo do cliente? Caso ele seja mais certinho, nerd, pode não gostar de algo muito indie. Entende a diferença? Pense nisso ao fazer o trabalho para qualquer pessoa. Aqui vale a frase: “Gosto não se discute”.

7) O que não fazer. Você deve conhecer bem o seu cliente a ponto de fazer o que você nunca deve fazer. Na dúvida, faça um pequeno questionário antes. Assim você evita aborrecimentos com os seus clientes.

Agora conte para a gente, que outras dicas você usa em seu trabalho?

Tags:, , , ,

Gostou dessa matéria? Então compartilha.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assuntos Relacionados

Não custa escutar…

Eu Vou Fazer Isso Melhor!

Por que, como freelancer, você deve ter o seu próprio domínio